Secretário de Saúde e duas servidoras são afastados em São Bento do Sul por suspeita de fraude na fila do SUS
18 de Fevereiro de 2020


...

O secretário de Saúde de São Bento do Sul, Manuel Del Olmo, e duas servidoras da pasta municipal foram afastados dos cargos nesta segunda-feira (17) por ordem judicial. Os mandados foram cumpridos durante operação da Polícia Civil. Os três são suspeitos de fraude na fila de espera do Sistema Único de Saúde (SUS). Foram cumpridos ainda mandados de busca e apreensão.

A investigação começou há mais de um ano, a partir de informações de que servidores e conhecidos estariam se beneficiando de alterações na prioridade na fila do SUS, fazendo exames e procedimentos médicos em casos que não eram urgentes ou de emergência. As autorizações irregulares contrariavam inclusive pareceres do próprio médico responsável pela triagem dos casos.

Na tarde desta segunda foram apreendidos documentos durante buscas na Secretaria de Saúde municipal e em duas clínicas particulares da cidade. Conforme a polícia, as clínicas e os donos não têm envolvimento no suposto esquema.

Além do afastamento, a Justiça determinou ainda a proibição de contato entre os suspeitos. O prazo da medida é de 30 dias e pode ser aumentado a pedido da Polícia Civil ou do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

A investigação já ouviu testemunhas e mais de uma dezena ainda serão chamadas, inclusive os suspeitos. Os investigados podem responder por falsidade ideológica e inserção de dados falsos em sistema público.


Fonte - G1SC