Operação “Soldo Inflado” da Polícia Civil investiga esquema ilegal de horas extras em empresa pública em Blumenau
10 de Dezembro de 2020


...

A Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão em Blumenau no endereço de suspeitos envolvidos no pagamento ilegal de horas extras para funcionários de uma empresa pública de Blumenau. A investigação é da 4ª Delegacia Especializada no Combate à Corrupção (DECOR) de Blumenau, com apoio da DECOR-DEIC, Delegacia de Polícia de Gaspar, DCPAMI de Blumenau e 1ª DP de Blumenau.

Segundo o Delegado de Polícia Lucas Almeida, a investigação apurou suspeita de crimes de peculato e falsidade ideológica. No caso, constatou-se que houve uma elevação no pagamento das rúbricas das "horas extras" e "sobreaviso" nos meses de pandemia, período em que, em geral, parte dos funcionários trabalhou em home office.

“Investigou-se a noticia de que pagamentos do sobreaviso eram pagos em período acima do permitido legalmente, inclusive em meses de férias, e de que parte dos valores pagos a alguns funcionários eram dados a um ex-diretor para financiar ilegalmente a sua campanha eleitoral”, afirmou o Delegado. Foram apreendidos cerca de R$ 202 mil na operação.

Esta é a semana do dia internacional contra a corrupção, celebrado na quarta-feira (09/12).

Fonte - Polícia Civil SC