NOTÍCIAS


250 horas depois do terremoto que devastou a Turquia, adolescente é resgatada com vida.

Dez dias após o terremoto de magnitude 7,8 que abalou a Turquia e a Síria e já deixou mais de 40 mil mortos, as forças de resgate ainda conseguem tirar pessoas com vida debaixo das milhares de toneladas de escombros.

Nesta quinta-feira (16), uma adolescente de 17 anos, identificada pela agência de notícias turca Anadolu como Aleyna Olmez, foi resgatada ainda viva na cidade de Kahramanmaras, uma das mais afetadas pelo tremor. Foram quase 250 horas sob os destroços de um prédio que desabou.

Olmez foi retirada já com o auxílio de uma equipe médica, que colocou máscara de oxigênio e soro nela.

Na quarta-feira (16), uma mulher de 77 anos também foi encontrada com vida sob escobros.

Os resgates, quase inacreditáveis, incentiva as centenas de equipes de resgate que se revezam em turnos curtos de descanso na busca por sobreviventes ou corpos de vítimas. Nesta quinta, o número de mortos por conta do tremor subiu para 41.987 – 36.187 deles na Turquia e 5.800 na Síria, segundo os atuais registros.

A triste cifra superou, em apenas dez dias, o número estimado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de vítimas, no total, por conta do terremoto.

O tremor principal, de 7,8, ocorreu na madrugada de 6 de fevereiro e foi seguido de mais de 4.500 réplicas menores, segundo informou nesta quinta-feira a agência de serviços emergenciais e desastres da Turquia.

Fonte G1 / Foto – REUTERS/Guglielmo Mangiapane




16/02/2023 – Cultura FM

COMPARTILHE

SEGUE A @RADIOCULTURATIMBO

NO AR:
ALEGRIA DA CIDADE