NOTÍCIAS


Conflito entre irmãos resulta em lesão corporal e danos à lei Maria da Penha em Indaial

Na manhã de ontem (05), uma briga entre familiares culminou em uma lesão corporal leve dolosa e danos materiais no âmbito da lei Maria da Penha. O incidente ocorreu em Indaial, na Rua Rio Branco e foi registrado pela guarnição PM5461, acionada via Copom.

Ao chegarem ao local, os policiais foram recebidos pela solicitante, uma mulher de 33 anos, identificada como vítima. Ela relatou que seu irmão, um homem de 25 anos, chegou à residência de seus pais visivelmente alterado, gritando e exigindo que ela saísse do local.

Segundo o relato da vítima, o autor começou a proferir insultos do lado de fora, batendo na janela. Ao abrir a janela para ver o que estava acontecendo, a vítima testemunhou seu veículo, um Ford Ka Flex preto, estacionado em frente à casa, sendo danificado pelo agressor. O irmão riscou a pintura do veículo com algum objeto pontiagudo.

Neste momento, o autor adentrou a residência e uma discussão acalorada teve início. Em certo momento, ele arrancou o celular das mãos da vítima, causando uma pequena lesão no dedo indicador da mão direita e puxando também seus cabelos. A intervenção do marido da vítima foi necessária para separar os envolvidos.

Após contato com o autor, os policiais constataram que ele estava inicialmente agitado, porém colaborativo com as ordens. Não foram encontrados itens ilícitos em sua posse, mas foi percebido um odor etílico, corroborado pelo próprio autor, que admitiu ter ingerido bebidas alcoólicas antes de chegar ao local. Ele também informou ser usuário de maconha.

Indagado sobre o motivo da discussão com sua irmã, o autor explicou que havia ido à casa de seus pais atendendo a um pedido da mãe, que solicitou sua ajuda para que sua irmã deixasse o local. Ele afirmou ter puxado o celular das mãos da vítima, pois ela o estava gravando e desejava que parasse. Além disso, ele confirmou ter danificado o veículo de sua irmã, riscando a lataria com uma pedra que encontrou na rua.

A guarnição constatou os danos no veículo e registrou fotografias da lesão na mão direita da vítima. Embora o objeto utilizado para os danos não tenha sido encontrado, a polícia deu voz de prisão ao autor pelos crimes de lesão corporal leve dolosa e dano, no âmbito da lei Maria da Penha. Ele foi informado de seus direitos constitucionais, incluindo o direito à assistência da família e a um advogado, bem como o direito de permanecer em silêncio.

Posteriormente, as partes envolvidas foram conduzidas à Delegacia de Polícia Civil de Blumenau, onde o boletim de ocorrência foi registrado. As autoridades competentes seguirão com as investigações do caso, visando




06/07/2023 – Cultura FM

COMPARTILHE

SEGUE A @RADIOCULTURATIMBO

NO AR:
AMANHECER SERTANEJO