NOTÍCIAS


Descoberta histórica pode mudar mapa de Santa Catarina

Os governos de Santa Catarina e Paraná estão revisando a divisão territorial após a descoberta de marcos históricos por um proprietário rural. Datados de 1916 a 1922, esses marcos foram encontrados em uma área de vegetação densa e não eram conhecidos pelas autoridades.

A Diget (Diretoria de Gestão Territorial) e o IAT (Instituto Água e Terra) do Paraná realizaram uma vistoria nos limites entre Guaratuba e Tijucas do Sul (PR) e Garuva, Campo Alegre e Itapoá (SC). Seis marcos de divisa foram identificados com tecnologia avançada, revelando uma imprecisão na atual divisão interestadual.

A descoberta indica que 490 hectares, anteriormente considerados território paranaense, passarariam a ser parte de Santa Catarina. A revisão resultaria na diminuição do território do Paraná e aumento do território catarinense.

A equipe da Diget pesquisou no acervo da DLM (Divisão de Limites Municipais) e utilizou GPS de precisão para medir as coordenadas. Marcos estabelecidos pelo Exército do Rio de Janeiro em 1918 e 1919 foram fundamentais para o procedimento.

Há planos para um novo mapeamento mais preciso para o Paraná. No entanto, o projeto ainda não tem data definida.

Edgard Usuy, Secretário de Estado do Planejamento de Santa Catarina, destacou a colaboração entre as Secretarias de Planejamento dos dois Estados. Após a etapa de campo, serão elaborados pareceres técnicos e relatórios para análise.

Imagens: divulgação Diget / Reprodução Cultura FM




12/06/2024 – Cultura FM

COMPARTILHE

SEGUE A @RADIOCULTURATIMBO

NO AR:
TARDE ALEGRE