NOTÍCIAS


Devastação causada por ciclone extratropical deixa 7 mortos e 8 desaparecidos no Rio Grande do Sul

 A passagem de um ciclone extratropical pelo estado do Rio Grande do Sul resultou em uma tragédia. Já são sete mortos e oito pessoas desaparecidas, a região enfrenta uma devastação que afeta milhares de indivíduos.

A Defesa Civil gaúcha confirmou as informações neste sábado, em um pronunciamento que expôs a gravidade da situação. Os três novos óbitos foram registrados nas cidades de Caará, Gravataí e Bom Princípio, aumentando o número de vítimas fatais dessa catástrofe.

No momento, as equipes de resgate continuam as buscas por seis pessoas desaparecidas na região de Caraá, além de outras duas em Maquiné. Familiares e amigos permanecem apreensivos, aguardando notícias e esperando que sejam encontradas com vida.

O impacto da tempestade também deixou um rastro de destruição nas comunidades afetadas, com mais de 2 mil pessoas desabrigadas em 40 municípios. Diante dessa emergência, a Defesa Civil informou que o governo iniciou o envio de cestas básicas para prover apoio imediato à população.

Neste sábado, o governador Eduardo Leite, do partido PSDB, em conjunto com ministros do governo federal, sobrevoou as regiões mais atingidas pelo ciclone. As imagens divulgadas pela Secretaria de Comunicação do governo federal revelaram a magnitude dos estragos causados.

As equipes de resgate do Corpo de Bombeiros têm trabalhado incansavelmente no salvamento das vítimas. Até o momento, mais de 2,3 mil pessoas foram resgatadas de residências, unidades de saúde e outros locais inundados, isolados ou em risco. A prioridade das autoridades é realizar buscas minuciosas e atender às necessidades das comunidades ilhadas.

Além das perdas humanas, ocorreram deslizamentos de terra, enchentes, inundações e quedas de pontes, dificultando o acesso às áreas afetadas. Algumas estruturas foram interditadas por conta do risco iminente de colapso, agravando ainda mais a situação.

As circunstâncias das mortes confirmadas neste sábado são impactantes. Um homem de 29 anos em Gravataí, vítima de um possível afogamento, um idoso de 73 anos em Bom Princípio, cujo veículo caiu no Rio Caí, e uma terceira vítima em Caraá, ainda não identificada.

O litoral também foi afetado, com o naufrágio de um barco pesqueiro em Santa Catarina, resultando no desaparecimento de pelo menos oito pessoas. Equipes da Marinha estão mobilizadas em operações de busca e resgate.

Diante do alerta emitido pela Defesa Civil do Estado, a população está em constante vigilância devido ao risco iminente de deslizamentos e inundações. 




17/06/2023 – Cultura FM

COMPARTILHE

SEGUE A @RADIOCULTURATIMBO

NO AR:
ALEGRIA DA CIDADE