NOTÍCIAS


Famílias se despedem de vítimas de acidente com avião da FAB em SC: ‘orgulho’

Familiares e amigos de Sérgio Branquinho Junior e Rodrigo Alves da Silva se despedem dos dois militares que morreram após a queda de um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) em Canelinha, na Grande Florianópolis. Os corpos foram encontrados no sábado (5).

O avião T-25, usado para instrução, partiu de Pirassununga, em São Paulo, com destino a Florianópolis. Porém, perdeu o sinal na tarde de sexta-feira (4), dando início às buscas feitas pelo Corpo de Bombeiros Militar por terra e pela FAB pelo céu, na região entre Canelinha e Tijucas.

No final da manhã de sábado (5), a aeronave foi encontrada na localidade de Rolador, em Canelinha, com os dois tripulantes carbonizados. Um vídeo compartilhado na internet mostra o momento em que o avião foi localizado em uma área de mata.

Sérgio Branquinho Junior tinha 22 anos e era de Ribeirão Preto (SP). Cursava o quarto ano na AFA (Academia da Força Aérea Brasileira), já perto de se formar. “Toda a nossa família tem muito orgulho dele. Extremamente inteligente, dedicado, amável, divertido e amava muito sua família. Todos nós amamos muito ele”, escreveu a irmã. 

Rodrigo Alves da Silva nasceu em Japeri (RJ) e era capitão. A prefeita da cidade, Fernanda Ontiveros, lamentou a morte: “Capitão Rodrigo era filho de nossa cidade, foi aluno da E.M. Ary Schiavo e grande orgulho para sua família e amigos de Japeri”.

Na internet, amigos e familiares prestaram homenagens. “Eu te amo para a eternidade, como você nos deu orgulho”, escreveu uma tia.

A FAB divulgou nota com condolências, disse que presta apoio aos familiares e que deve investigar o acidente.




07/11/2022 – Cultura FM

COMPARTILHE

SEGUE A @RADIOCULTURATIMBO

NO AR:
ALEGRIA DA CIDADE