NOTÍCIAS


Governo do Estado amplia serviço de transfusão de sangue pré-hospitalar para Blumenau e região

O Serviço de Sangue Total, uma iniciativa conjunta da Secretaria de Estado de Saúde e do Batalhão de Operações Aéreas (BOA) do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), foi inaugurado nesta terça-feira, 28, em Blumenau. Antes, esse tipo de transfusão sanguínea, realizada antes da chegada ao hospital, estava disponível apenas em Florianópolis.

“Este serviço é crucial para grandes traumas, onde há perda significativa de sangue. A reposição sanguínea salva vidas. Seguindo a orientação do governador Jorginho Mello, continuamos a expandir os serviços por todo o estado. Agradecemos ao Samu, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar e Polícia Civil por integrarem essa grande rede de atendimento de urgências em nosso estado”, destacou a secretária Carmen Zanotto.

Depois de quase dois anos desde sua implementação na Grande Florianópolis, o Programa de Transfusão Pré-Hospitalar de Sangue Total chega à região do Vale do Itajaí, na 2ª Companhia do Batalhão de Operações Aéreas. Isso é possível graças à parceria entre o BOA do CBMSC, o Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemosc), o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) Aeromédico e a Fundação de Apoio ao Hemos/Cepon (Fahece), que gerencia o Hemosc junto à Secretaria de Estado da Saúde (SES).

“Essa parceria visa oferecer o suporte mais qualificado possível a todos que necessitam de cuidados avançados, consolidando ainda mais o trabalho prestado há 14 anos pelo Serviço Aeromédico catarinense”, afirmou o comandante-geral do CBMSC, coronel Fabiano Bastos das Neves.

Este projeto contou com o apoio técnico do médico norte-americano Mark Yazer, da Universidade de Pittsburgh (EUA), que orientou os profissionais envolvidos durante a fase de pesquisa e desenvolvimento. Todos os processos foram validados com protocolos escritos, equipes treinadas e rigorosos requisitos de qualidade, incluindo rastreabilidade e controle de temperatura do sangue, contando com a autorização da Vigilância Sanitária.

O comandante interino do BOA do CBMSC, major Hugo Manfrin Dallossi, ressaltou a importância do Sangue Total, especialmente para vítimas de traumas graves como acidentes de trânsito. “Antes, as equipes contavam apenas com soro para manter a pressão arterial. Agora, com as bolsas de sangue, as chances de sobrevivência aumentam significativamente durante o transporte até o hospital”, comentou. Ele destacou ainda que houve investimento na armazenagem de sangue e no treinamento da base em Blumenau, permitindo que as aeronaves transportem duas bolsas de sangue para os atendimentos.

Para a diretora-geral do Hemosc, Patrícia Carsten, a expansão do programa representa o fortalecimento de uma ação pioneira. “Estamos felizes em expandir o Programa de Transfusão Pré-Hospitalar de Sangue Total para outra região de Santa Catarina. Esse projeto, devido aos seus excelentes resultados, tornou-se um programa inovador que nos enche de orgulho, unindo a capacidade técnica do Hemosc com a missão de salvar vidas, junto a parceiros como BOA e Samu Aeromédico”, afirmou.

Desde seu lançamento, o Programa Sangue Total já atendeu 41 ocorrências em Santa Catarina. A parceria estabelece que as bolsas de sangue total sejam armazenadas na base do Serviço Aeromédico do Samu e do Batalhão de Operações Aéreas. Quando necessário, são transportadas nas aeronaves “Arcanjo” do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, operadas em parceria com o Samu Aeromédico, para atendimentos de extrema urgência ou durante o transporte de pacientes para o hospital. Todo o processo é monitorado por um médico e um enfermeiro e todos os procedimentos são registrados e controlados, seguindo rigorosos critérios de segurança e legislação.

O Termo de Cooperação Técnica foi assinado em julho de 2022 entre o Batalhão de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros Militar, o Samu Aeromédico, o Hemosc, a Fahece e a SES.

Foto: Murilo Damian Medeiros / CBMSC



29/05/2024 – Cultura FM

COMPARTILHE

SEGUE A @RADIOCULTURATIMBO

NO AR:
BATIDÃO DA CULTURA