NOTÍCIAS


Polícia procura ex-marido que tentou matar mulher com machadinha em Blumenau

A Polícia Civil de Blumenau pede a população que ajude a encontrar o autor de uma tentativa de feminicídio. O caso aconteceu no último sábado, dia 20 de maio, em um terrível episódio de violência doméstica que abalou o bairro Testo Salto, em Blumenau. Uma tentativa de feminicídio ocorreu na residência da vítima, Rosani de Fátima Pauli da Silva, de 41 anos, e as investigações estão sob responsabilidade da Divisão de Investigação Criminal (DIC).

Segundo o relato de Rosani na Delegacia, por volta das 10h30, ela foi surpreendida em sua própria cozinha pelo ex-marido, um homem de 51 anos, que estava armado com um revólver. Sem pronunciar uma única palavra, o agressor disparou contra ela a uma distância de dois metros, porém o primeiro tiro errou o alvo. Mesmo com as tentativas subsequentes, todas as demais balas falharam em atingir a vítima.

Divulgação DIC

Diante da falha da arma de fogo, o agressor passou a agredir Rosani com violentas coronhadas na cabeça. Foi nesse momento que a filha do casal, de apenas 11 anos, entrou em luta corporal com o pai, acabando também sendo alvo das coronhadas. No entanto, com bravura, a criança conseguiu retirar o revólver das mãos do agressor, o que permitiu que a mãe conseguisse escapar para o exterior da residência.

Determinado a prosseguir com seu ato violento, o agressor se armou novamente, dessa vez com uma machadinha, e partiu em direção à vítima, desfrindo vários golpes. Contudo, Rosani conseguiu desarmá-lo mais uma vez, evitando um desfecho ainda mais trágico.

Após o crime, o agressor fugiu com a arma de fogo e permanece em paradeiro desconhecido. As autoridades policiais estão empenhadas em sua captura e solicitam à população qualquer informação que possa levar à localização do suspeito. O Disque Denúncia 181 da Polícia Civil e o WhatsApp da DIC (47-98818-1031) estão disponíveis para o recebimento de denúncias.

É importante ressaltar que o autor não aceitava o pedido de divórcio de Rosani, que relatou conviver em um relacionamento abusivo, permeado por agressões psicológicas, verbais e sexuais durante cerca de 20 anos.

Divulgação DIC

A tentativa de feminicídio deixou a comunidade local consternada, reforçando a urgência da conscientização sobre a violência doméstica e a importância de denunciá-la. A sobrevivência de Rosani e a coragem de sua filha em enfrentar o agressor são exemplos de resistência e superação diante de um cenário tão doloroso.




23/05/2023 – Cultura FM

COMPARTILHE

SEGUE A @RADIOCULTURATIMBO

NO AR:
ENCONTRO DA NOITE