NOTÍCIAS


Promotor busca esclarecer origem da arma utilizada no homicídio contra morador de rua em Blumenau

O promotor Daniel Granzotto Nunes, da 9ª Promotoria de Justiça, tomou medidas para descobrir se a faca utilizada no crime contra o morador de rua em Blumenau foi ou não comprada pelo autor do crime.

O Ministério Público solicitou uma série de informações ao Supermercado Giassi com intuito de esclarecer essa situação.

Inicialmente, havia suspeitas de que a faca usada no crime pertencesse à vítima e tivesse sido retirada de suas mãos durante um confronto. No entanto, essa teoria começou a perder sustentação após depoimentos de testemunhas e análise de imagens das proximidades do crime.

Agora, o Ministério Público de Santa Catarina está explorando uma nova possibilidade: a de que o autor do crime, Gleidson Tiago da Cruz, tenha adquirido a faca no Supermercado Giassi com a intenção de cometer o homicídio.

Diante dessa reviravolta, o promotor solicitou à Justiça a realização de investigações no supermercado para verificar o cupom fiscal da compra de Gleidson e também para ouvir atendentes e outras testemunhas que possam fornecer informações a respeito desse aspecto crucial do caso.

Além disso, o promotor exige que o supermercado preserve todas as imagens das câmeras de segurança relacionadas ao homicídio, tanto as internas quanto as externas. Isso inclui a gravação da primeira discussão entre o autor e a vítima, a entrada do autor nas instalações do mercado, suas compras, a passagem pelo caixa (com cópia do cupom fiscal) e sua saída, bem como a segunda discussão com a vítima.




08/11/2023 – Cultura FM

COMPARTILHE

SEGUE A @RADIOCULTURATIMBO

NO AR:
TARDE ALEGRE