NOTÍCIAS


Vacina contra Covid-19 será incorporada ao Calendário Nacional de Imunizações a partir de 2024

O Ministério da Saúde anunciou a inclusão da vacinação contra a Covid-19 no Calendário Nacional de Vacinação a partir de 2024, com foco na proteção das crianças de 6 meses a menores de 5 anos e nos grupos com maior vulnerabilidade para as formas graves da doença. A decisão passou pela avaliação da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização da Covid-19 (CTAI), e todos os imunizantes a serem usados demonstraram eficácia e segurança, sendo aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e seguindo as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde.

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, ressaltou a importância do rigoroso processo de estudo de qualidade que precede a inclusão das vacinas no Sistema Único de Saúde (SUS).

Na semana seguinte, o Ministério da Saúde lançará uma campanha em todo o país, abrangendo televisão aberta, redes sociais e locais de grande concentração de pessoas, com o objetivo de conscientizar a população sobre a relevância da testagem, da vacinação e do tratamento da Covid-19.

No momento, a vacina está disponível gratuitamente no SUS para todos com mais de 6 meses de idade. Para os maiores de 18 anos que já receberam pelo menos duas doses, uma dose de reforço da vacina bivalente é recomendada. Aqueles que ainda não concluíram o ciclo de vacinação ou têm doses de reforço pendentes podem atualizar suas cadernetas de vacinação nas unidades de saúde.

A vacinação de crianças de 6 meses a menores de 5 anos contra a Covid-19 envolve três doses, com um intervalo de 8 semanas entre a primeira e a segunda dose, e um intervalo de 4 meses entre a segunda e a terceira dose.




01/11/2023 – Cultura FM

COMPARTILHE

SEGUE A @RADIOCULTURATIMBO

NO AR:
ALEGRIA DA CIDADE